ATA DA 89ª REUNIÃO DO CONSECANA-PARANÁ - CONSELHO DOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DO PARANÁ, REALIZADA NO DIA 30 DE JULHO DE 2007, NO AUDITÓRIO DA FAEP EM CURITIBA.

Aos 30 dias do mês de julho de 2007, às 10:30 horas, reuniram-se os Conselheiros do Consecana-Paraná, no auditório da FAEP em Curitiba - PR, cujas presenças foram devidamente registradas no Livro de presenças de reuniões do Conselho.

A reunião foi presidida pelo senhor Paulo Roberto Misquevis, presidente do Conselho, acompanhada pelo senhor Paulo Sidney Zambon, vice-presidente do Conselho e secretariada por Jefrey Kleine Albers, secretário executivo do Conselho.

1)Abertura da reunião e Apresentação dos professores da UFPR

Abrindo a reunião, o presidente saudou a todos, agradeceu a presença do Sr. Anísio Tormena, presidente da Alcopar. Sr. Anísio saudou os presentes e enalteceu os trabalhos do Consecana desde sua origem e a importância de sua preservação. Em seguida o senhor presidente passou a palavra aos professores da Universidade Federal do Paraná, José Canziani e Vânia Guimarães, para que procedessem a apresentação dos preços de comercialização dos produtos resultantes da industrialização de cana-de-açúcar (açúcar e álcool nos mercados interno e externo), referentes ao mês de julho de 2007, as cotações na BM&F e CSCE, as cotações do dólar e os valores da cana básica projetados para a safra. Aberta a discussão o Sr. Presidente comentou que os ganhos ocorridos nos preços, foram perdidos pela valorização cambial. Colocados em votação, os valores foram aprovados para compor a Resolução n.º 04 da Safra 2007/2008 a vigorar a partir do dia 01 de agosto de 2007.

2)Situação da safra

Sr. Adriano (Alcopar) comentou que já foram moídas 15.868 mil toneladas de cana até 16 de julho, representando aumento de 13,38% sobre o mesmo período da safra passada representando aproximadamente 37% da safra. O aumento na produção de açúcar representa 9,54%, com 973 mil toneladas contra 888 mil toneladas no mesmo período da safra passada e no álcool a produção de anidro registra 125 mil m3 com redução de 31% em comparação com a safra passada e hidratado com 544 mil m3, aumento de 42,67%, totalizando 670 mil m3, representando aumento de 18,92%. Neste ano a produção está mais direcionada para a produção de álcool principalmente hidratado. A previsão era de moer, nesta safra, 42 milhões de toneladas de cana. A média quinzenal tem sido de 2.260 mil toneladas. Para cumprir a previsão seria necessário aumentar a moagem quinzenal para 2.600 mil toneladas. Com esta situação a nova previsão é de redução da produção em 3 milhões de toneladas de cana. A produção atual registra 42 litros de álcool por tonelada de cana e 61 quilos de açúcar por tonelada de cana.

1)assuntos gerais e encerramento

O senhor presidente abriu a palavra para assuntos gerais e a Prof. Vânia solicitou que as entidades disponibilizem nos sites o material já desenvolvido sobre perguntas e respostas do setor, para atender as demandas que estão surgindo. Foi passada a palavra ao Sr. Daniel Lopes de Moraes do Instituto Care, que falou em nome do CREA sobre a criação de uma câmara de arbitragem para o setor sucroalcooleiro. Nada mais havendo a ser tratado o Sr. Paulo Misquevis agendou a próxima reunião para o dia 30/08 às 14:30 horas na sede da Alcopar em Maringá. Em seguida reiterou agradecimentos pela presença dos conselheiros e convidados, convidou-os, em nome da FAEP, para o almoço e encerrou a reunião, da qual foi lavrada a presente ata que vai assinada pelo Sr. Paulo Misquevis, Presidente do Conselho e pelo Sr. Paulo Sidney Zambon, vice-presidente.

Resolução 04 safra 2007/08