ATA DA 37ª REUNIÃO DO CONSECANA-PARANÁ - CONSELHO DOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DO PARANÁ, REALIZADA NO DIA 28 DE MARÇO DE 2003, NO AUDITÓRIO DA ALCOPAR, EM MARINGÁ – PR.

No dia 28 de Março de 2003, às 10,00 horas, na sala de reuniões da ALCOPAR, na Avenida Carneiro Leão, 135 – 9º andar, em Maringá, reuniram-se os Conselheiros do Consecana-Paraná, cujas presenças foram devidamente registradas no Livro de Presenças de reuniões do Conselho.

Ao iniciar a reunião, Presidente do Conselho, senhor Paulo Sidney Zambon convidou o Vice-Presidente, senhor Dagoberto Delmar Pinto e o Secretário Executivo, senhor Adilson Ricardo para participar da mesa diretiva e após saudar todos os presentes, iniciou a presente reunião.

Item 1 – Aprovação da Ata da 36ª Reunião, realizada no dia 25/02/2003, em Maringá. O Presidente solicitou ao Secretário Executivo para fazer a leitura da Ata da reunião anterior, a qual foi enviada a todos os Conselheiros previamente. Após a leitura e discussão, colocada em votação, a mesma foi aprovada por todos os presentes.

Item 2 – Apresentação pelos professores da UFPR dos preços de comercialização dos produtos da cana de açúcar, coletados no decorrer do mês de março de 2003. O Professor José Roberto Canziani, com apoio da professora Vania Guimarães, apresentou as várias planilhas nas quais se observam as variações dos preços de comercialização dos produtos resultantes da industrialização da cana-de-açúcar no decorrer do período em análise e as variações dos preços do açúcar, álcool e do dólar na BMF.

Após as apresentações e discussões, os Membros do Consecana-Paraná aprovaram os valores e determinaram a nova projeção de preços da Cana-de-Açúcar da safra 2002/2003, os quais se tornaram, em conjunto, a Resolução nº 12 - Safra 2002/2003 do Consecana-Paraná, com a seguinte redação:

"CONSELHO DOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DO PARANÁ - CONSECANA – PARANÁ

RESOLUÇÃO Nº 12– SAFRA 2002/2003

A Diretoria do Consecana-Paraná reunida no dia 28 de Março de 2003, no auditório da ALCOPAR, em Maringá e, atendendo os dispositivos disciplinados no Capítulo II do Título II do seu Regulamento, aprova e divulga o preço do ATR realizado no Mês de Março de 2003 e a projeção atualizada do preço da tonelada de cana-de-açúcar básica para a safra 2002/2003.

Os preços médios do kg do ATR, por produto, obtidos com base em levantamento de preços no mês de Março de 2003, conforme estudos efetuado pelo Departamento de Economia Rural e Extensão da Universidade Federal do Paraná, são apresentados a seguir:

A)- PREÇO DO ATR REALIZADO EM MARÇO DE 2003:

PREÇO DOS PRODUTOS – PVU – S/IMPOSTOS:

EM REAIS À VISTA

Produtos

Mês

Acumulado

Mix

Preço

Mix

Preço

AMI

3,54%

40,41

3,32%

24,22

AME

10,86%

30,37

43,03%

21,26

AEAr

1,17%

1.002,78

4,32%

603,32

AEHr

2,34%

906,49

6,98%

560,91

AEAd

28,28%

1.002,78

16,38%

668,79

AEHd

53,81%

906,49

25,95%

626,67

AEHof

0,00%

-

0,02%

625,33


PREÇO LÍQUIDO DO ATR POR PRODUTO:

Produtos

Mês

Acumulado

Mix

Preço

Mix

Preço

AMI

3,54%

0,4058

3,32%

0,2433

AME

10,86%

0,3050

43,03%

0,2135

AEAr

1,17%

0,2909

4,32%

0,1750

AEHr

2,34%

0,2744

6,98%

0,1698

AEAd

28,28%

0,3140

16,38%

0,2094

AEHd

53,81%

0,3015

25,95%

0,2084

AEHof

0,00%

-

0,02%

0,2080

MÉDIA

0,3084

0,2078


B)- PREÇOS DA CANA DE AÇÚCAR – CONSECANA-PARANÁ

MÉDIA DO ESTADO DO PARANÁ

SAFRA 2002/2003 – PREÇOS EM REAIS À VISTA:

PREÇOS DOS PRODUTOS – PVU – SEM IMPOSTOS

Produtos

MIX

Média

AMI

3,23%

24,95

AME

39,67%

21,26

AEAr

3,99%

604,90

AEHr

6,46%

562,69

AEAd

17,87%

726,21

AEHd

28,77%

689,05

AEHof

0,02%

625,33


PREÇO LÍQUIDO DO ATR POR PRODUTO

Produtos

MIX

Média

AMI

3,23%

0,2506

AME

39,67%

0,2135

AEAr

3,99%

0,1755

AEHr

6,46%

0,1703

AEAd

17,87%

0,2274

AEHd

28,77%

0,2292

AEHof

0,02%

0,2080

Media

0,2174


C)- PROJEÇÃO DO PREÇO DA CANA BÁSICA - SAFRA 2002/2003

R$ POR TONELADA:

CAMPO

ESTEIRA

Preço (121,9676 kg ATR)

23,74

26,51

PIS/COFINS (*)

0,90

1,00

TOTAL

24,64

27,51

(*)– O PIS e COFINS incide somente para produtores pessoas jurídicas.

Curitiba, 28 de Março de 2003".

Assinam a presente Resolução o Presidente e o Vice-Presidente do Consecana-Paraná.

Item 3 – Avaliação da participação da cana-de-açúcar no custo de produção do açúcar e do álcool.

Os setores deverão realizar reuniões – setor rural dia 16/04/03 e o setor industrial no dia 17/04/03, para avaliar os percentuais da participação da matéria prima no custo final dos produtos industrializados, para depois, em data a ser marcada no decorrer do mês de abril, realizar a reunião conjunta para se definir o percentual da participação da matéria prima que vigorará na safra 2003/2004.

Item 4 – Estimativa da próxima safra.

O Conselheiro José Adriano da Silva Dias, representante da Alcopar, apresentou as estimativas da próxima safra 2003/2004, do Estado do Paraná, apresentando os seguintes números:

a)- Produção de cana-de-açúcar para a indústria sucroalcooleira é de 26.063.66l toneladas;

b)- Produção de açúcar está estimada em 1.568.503 toneladas;

c)- Estimativa de produção total de álcool é de 1.096.022 metros cúbicos, sendo 523.192 metros cúbicos de álcool anidro e 572.830 metros cúbicos de álcool hidratado.

Item 4 – Data da próxima reunião do Conselho. Ficou definida a realização de duas reuniões no dia 29 de abril de 2003, na sede da Alcopar, em Maringá, sendo a primeira às 10,00 horas, na qual se discutirá e aprovará o percentual da matéria prima nos produtos finais e análise dos valores e discussão quanto a fixação da primeira projeção de preço da cana-básica para a safra 2003/2004.

A segunda reunião ficou agendada para realizar-se às 14,00 horas, na qual será discutido e aprovado os números finais da safra 2002/2003 e a aprovação da projeção dos primeiros valores da safra 2003/2004.

Encerrada a pauta, o Presidente do Consecana-Paraná agradeceu a presença e a colaboração de todos os membros e encerrou a presente reunião, da qual se lavrou a presente Ata, que após aprovada, vai assinada pelo presidente Paulo Sidnei Zambon, pelo Vice-Presidente Dagoberto Delmar Pinto e pelo Secretário Executivo – Adilson Ricardo.

(Para uma melhor visualização dos quadros e gráficos, imprimir em impressora colorida)
SAFRA 2002/2003 - PREÇOS EM REAIS A VISTA

Produtos

MIX

Maio

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Jan

Fev

Mar

Abr

Saldo

Media

AMI

8,87

17,66

17,77

16,38

18,44

20,06

23,30

31,99

35,14

34,87

38,71

40,41

38,26

24,95

24,95

AME

31,31

16,19

16,21

18,09

19,56

20,85

26,23

25,39

23,38

27,40

31,07

30,37

28,20

21,26

21,26

AEAr

4,61

585,70

547,17

428,54

486,60

536,46

643,79

765,57

767,62

821,99

1.041,93

1.002,78

1.038,90

604,90

604,90

AEHr

5,19

556,59

494,04

414,98

416,49

488,47

557,31

701,49

719,31

805,90

929,93

906,49

996,74

562,69

562,69

AEAd

24,45

585,70

547,17

428,54

486,60

536,46

643,79

765,57

767,62

821,99

1.041,93

1.002,78

1.038,90

726,21

726,21

AEHd

25,58

556,59

494,04

414,98

416,49

488,47

557,31

701,49

719,31

805,90

929,93

906,49

996,74

689,05

689,05

AEHof

0,00

-

600,06

423,09

526,86

530,82

584,70

653,19

666,37

-

-

-

-

625,33

625,33


PREÇO LIQUIDO DO ATR POR PRODUTO

Produtos

MIX

Maio

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Jan

Fev

Mar

Abr

Saldo

Média

AMI

8,87

0,1774

0,1785

0,1645

0,1852

0,2015

0,2340

0,3213

0,3529

0,3502

0,3888

0,4058

0,3842

0,2506

0,2506

AME

31,31

0,1626

0,1628

0,1817

0,1964

0,2094

0,2634

0,2550

0,2348

0,2752

0,3120

0,3050

0,2832

0,2135

0,2135

AEAr

4,61

0,1699

0,1587

0,1243

0,1411

0,1556

0,1867

0,2221

0,2227

0,2384

0,3022

0,2909

0,3013

0,1755

0,1755

AEHr

5,19

0,1685

0,1496

0,1256

0,1261

0,1479

0,1687

0,2124

0,2177

0,2440

0,2815

0,2744

0,3017

0,1703

0,1703

AEAd

24,45

0,1834

0,1714

0,1342

0,1524

0,1680

0,2016

0,2398

0,2404

0,2574

0,3263

0,3140

0,3254

0,2274

0,2274

AEHd

25,58

0,1851

0,1643

0,1380

0,1385

0,1625

0,1854

0,2333

0,2392

0,2680

0,3093

0,3015

0,3315

0,2292

0,2292

AEHof

0,00

-

0,1996

0,1407

0,1752

0,1765

0,1945

0,2172

0,2216

-

-

-

-

0,2080

0,2080

Média

 

0,1733

0,1632

0,1625

0,1701

0,1822

0,2236

0,2426

0,2366

0,2678

0,3184

0,3084

0,3303

-

0,2174


Preço Cana Básica 121,9676 kgs de ATR

 

 

Maio

Jun

Jul

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Jan

Fev

Mar

Abr

Saldo

Média

Preço

S/PIS/COFINS

18,93

17,84

17,74

18,57

19,90

24,41

26,49

25,84

29,24

34,77

33,67

36,07

-

23,74

Campo

C/PIS/COFINS

19,64

18,51

18,41

19,28

20,65

25,34

27,49

26,82

30,35

36,09

34,95

37,43

-

24,64

Preço

S/PIS/COFINS

21,14

19,93

19,82

20,67

22,23

27,27

29,59

28,86

32,66

38,84

37,61

40,29

-

26,51

Esteira

C/PIS/COFINS

21,94

20,68

20,57

21,45

23,07

28,30

30,71

29,96

33,90

40,31

39,03

41,81

-

27,51

AMI - PREÇOS COMPARATIVOS, PR E SP

AMI – PREÇOS MENSAIS E MÉDIA DO ANO

AME – PREÇOS COMPARATIVOS, PR E SP

AME – PREÇOS MENSAIS E MÉDIA DO ANO

AAC – PREÇOS COMPARATIVOS, PR E SP

AAC – PREÇOS MENSAIS E MÉDIA DO ANO

AHC – PREÇOS COMPARATIVOS, PR E SP

AHC – PREÇOS MENSAIS E MÉDIA DO ANO

VALOR DO ATR MÉDIO E POR PRODUTO

PREÇO DA CANA BÁSICA

AMI - PREÇOS MÉDIOS REALIZADOS ATÉ MARÇO/03 E PROJEÇÃO PARA A SAFRA 02/03

AME - PREÇOS MÉDIOS REALIZADOS ATÉ MARÇO/03 E PROJEÇÃO PARA A SAFRA 02/03

AAC - PREÇOS MÉDIOS REALIZADOS ATÉ MARÇO/03 E PROJEÇÃO PARA A SAFRA 02/03

AHC - PREÇOS MÉDIOS REALIZADOS ATÉ MARÇO/03 E PROJEÇÃO PARA A SAFRA 02/03

EVOLUÇÃO DOS PREÇOS DO ATR

EVOLUÇÃO DOS PREÇOS DA CANA BÁSICA NO CAMPO, SEM PIS/COFINS

VOLUME ACUMULADO DE COMERCIALIZAÇÃO DA SAFRA 2002/2003, EM ATR

COTAÇÕES DO AÇÚCAR NA NYCE NOS ÚLTIMOS 10 ANOS

PREÇOS MÉDIOS DE COMERCIALIZAÇÃO DE ÁLCOOL
PELAS EMPRESAS DO PARANÁ, 24/01 A 24/02/2003