ATA DA 116ª REUNIÃO DO CONSECANA - PARANÁ - CONSELHO DOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DO PARANÁ, REALIZADA NO DIA 29 DE OUTUBRO DE 2009, NA SEDE DA ALCOPAR EM MARINGÁ

Aos 29 dias do mês de outubro de 2009, às 14:30h, reuniram-se os Conselheiros do Consecana – Paraná na sede da ALCOPAR, cujas presenças foram devidamente registradas no Livro de presenças de reuniões do Conselho.

A reunião foi aberta pelo vice presidente do Conselho, Sr Paulo Sydnei Zambon, acompanhado por Lílian F.M.Ticianel representando o setor industrial.

Após a saudação aos presentes a palavra foi passada à UFPR para início dos trabalhos.

APRESENTAÇÃO DA UFPR

Os professores José Roberto Canziani e Vânia Guimarães apresentaram os preços de comercialização dos produtos resultantes da industrialização de cana-de-açúcar (açúcar e álcool nos mercados interno e externo), referentes ao mês de outubro de 2009, também as cotações de açúcar CSCE, e as cotações do dólar na BM&F.

Na sequência o senhor Paulo Zambon colocou os dados apresentados em discussão e posteriormente em votação, sendo aprovados para compor a Resolução n.º 08 da Safra 2009/2010, a vigorar a partir do dia 01 de novembro de 2009.

ASSUNTOS GERAIS

1- Na última reunião do Conselho foi encaminhado ofício pelo setor produtivo solicitando que fossem colocadas em discussão as seguintes propostas de alteração nos parâmetros do Consecana: 1.1- que para a obtenção do preço da cana básica no campo passe a ser a utilizado o valor médio real do ATR da cana produzida no Paraná; 1.2- que os rendimentos industriais do açúcar mercado externo, álcool anidro e álcool hidratado considerados no modelo Consecana Paraná, sejam equiparados aos praticados no Consecana São Paulo.

O senhor Paulo Misquevis informou por telefone que o assunto foi apreciado na última reunião do Conselho da ALCOPAR e que está procedendo uma análise das reivindicações conforme solicitação daquele Conselho.

2-O senhor Paulo Zambon informou que, atendendo a uma solicitação da FAEP, o Banco do Brasil concedeu prazo de espera de até 90 dias para os produtores em dificuldade de pagar a parcela do custeio da cana em função das chuvas excessivas que vêm dificultando o corte da cana. O produtor que se encontrar nesta situação deve procurar o Banco do Brasil.

3- A próxima reunião foi agendada para o dia 26 de novembro às 14:30 h na sede da Alcopar.

Nada mais havendo a tratar o senhor Paulo Zambon encerrou a reunião da qual foi lavrada a presente ata que vai assinada pelo senhor Paulo Sidney Zambon, vice-presidente do Conselho e por Lílian F.M.Ticianel nesta data representando o setor industrial.

LÍLIAN F. M. TICIANEL
PAULO SIDNEY ZAMBON 
P/ Presidente
Vice-Presidente

Anexo: Resolução nº 8 da safra 2009/2010.