ATA DA 105ª REUNIÃO DO CONSECANA - PARANÁ - CONSELHO DOS PRODUTORES DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ÁLCOOL DO ESTADO DO PARANÁ, REALIZADA NO DIA 27 DE NOVEMBRO DE 2008, NA SEDE DA ALCOPAR EM MARINGÁ - PARANÁ.

Aos 27 dias do mês de novembro de 2008, às 14h30min, reuniram-se os Conselheiros do Consecana - Paraná na sede da Alcopar em Maringá, Paraná, cujas presenças foram devidamente registradas no Livro de presenças de reuniões do Conselho.

Abrindo a reunião, o presidente saudou e agradeceu a presença de todos, convidou o Sr. Giovani Crispim para compor a mesa, representando o setor industrial, em função da ausência do Sr. Paulo Misquevis vice-presidente do Conselho. Em seguida solicitou aos professores da UFPR que iniciassem sua apresentação.

APRESENTAÇÃO DA UFPR
Os professores José Canziani e Vânia Guimarães apresentaram os preços de comercialização dos produtos resultantes da industrialização de cana-de-açúcar (açúcar e álcool os mercados interno e externo), referentes ao mês de novembro de 2008, as cotações na BM&F e na CSCE, as cotações do dólar e os valores da cana básica projetados para a safra. O Professor Canziani solicitou que na reunião de janeiro seja colocada em pauta a discussão sobre a previsão de produção e comercialização de álcool e açúcar. Para tanto seria conveniente que a Alcopar apresentasse os números de fechamento da safra para subsidiar as discussões. Sr. Adriano esclareceu que no final de dezembro já será possível disponibilizar estes dados à UFPR. Colocados em discussão e votação, os conselheiros aprovaram os valores para compor a Resolução n.º 09 da Safra 2008/2009 a vigorar a partir do dia 01 de dezembro de 2008.

SITUAÇÃO DA SAFRA
O Sr. Adriano da Alcopar apresentou os números do levantamento de safra realizado até 16 de novembro que indicam aumento na moagem de cana em 1,12% com 36,3 milhões de toneladas, redução na produção de açúcar em 11,61% e aumento na produção de álcool total em 1,69%. O volume de ATR total apresenta queda de 4,47% e registra 138,55 kg/ton de cana. O mix industrial de produção apresenta 42,68% da matéria-prima destinada à produção de açúcar e 57,32% para álcool. A previsão de produção de cana para a safra chega a 55 milhões de toneladas e a moagem de 40 a 41 milhões, resultando numa sobra de 14 milhões de toneladas de cana em pé.

ASSUNTOS GERAIS
Sr. Adriano comentou que instituições financeiras estão ofertando recursos financeiros para plantio de cana.
Sr. Zambon agradeceu ao senhor Irimal Basso a acolhida proporcionada na ocasião da realização da reunião do Consecana no mês de outubro.

O presidente sugeriu a realização de uma confraternização de fim de ano, sendo aprovada por todos. Definiu-se por realizar um encontro para almoço no dia 13 de dezembro em Maringá.

A próxima reunião do Conselho foi agendada para o dia 29/12 (segunda-feira) às 10h30min , no Prédio da Administração do Setor de Ciências Agrárias da UFPR, à Rua dos Funcionários 1540 em Curitiba.

Sr. Mário Gondo relatou que solicitou à FAEP que seja agendada uma reunião com a Secretaria da Fazenda para discutir sobre o recadastramento do produtor e a necessidade de que cada matrícula requer um cadastro e isto está causando muitos transtornos e dificuldades. Solicitou que todos os membros do Conselho sejam comunicados e convidados a participar da reunião.

Sr. Paulo Leal relatou que como muita cana ficará em pé, a tendência natural é de que predominantemente esta cana seja de fornecedores e não de cana própria das usinas. Estes fatos precisam ser considerados pelo Consecana porque afetam as remunerações dos produtores. O Sr. Eduardo Quintanilha alertou pelo fato de áreas em que não houve corte de cana o INCRA está identificando como áreas improdutivas e passíveis de desapropriação. Sr. José Luiz exemplificou que na Usina Vale do Ivaí, existem contratos que já prevêem que ocorrendo tais fatos a proporção de cana restante tem que ser igual tanto para produtores quanto para usina.

Sr. Paulo Leal ainda solicitou que se registre a preocupação com as incorporações e compras de empresas do setor, além das empresas que estão em sérias dificuldades financeiras. Sr. Adriano relatou que foi pleiteada ao governo a liberação de recursos para renegociar as dívidas do setor.

Sr. Adriano comunicou que no dia 09/12 será realizado um seminário pelo Ministério do Trabalho na Cesumar à Av. Guedner, 1610, jardim Aclimação, sobre a NR 31 e assuntos afins.

Nada mais havendo a tratar o senhor presidente encerrou a reunião agradecendo a presença de todos. Desta reunião foi lavrada a presente ata que vai assinada pelo Sr. Paulo Sidney Zambon e pelo Sr. Giovani Crispim.

Anexo: Resolução 09 safra 2008/09.

Resolução 09 safra 2008/09.